Notícias

Paciente contrai HIV por meio de transplante de rim - 17/03/2011

Doador adquiriu o vírus no intervalo entre exames e cirurgia.
Caso é o primeiro registrado nos EUA desde os anos 1980.

O Departamento de Saúde do estado norte-americano de Nova York divulgou nesta quinta-feira que um paciente contraiu HIV por meio de um transplante de rim de um doador vivo. Desde 1985, quando se tornou possível detectar o vírus em exames laboratoriais, é a primeira vez que o país registra o contágio por esse meio.

O doador fez exames laboratoriais para saber se seu rim seria compatível com o do receptor, e neles o vírus não foi detectado. No entanto, o órgão foi retirado pouco mais de dois meses depois dos exames. Uma investigação das autoridades de saúde concluiu que ele foi infectado pelo vírus durante esse intervalo.

O caso raro aumenta a preocupação em relação aos transplantes. Um texto do Centro de Controle e Prevenção de Doenças recomenda que uma segunda bateria de exames de sangue seja feita mais perto da data do transplante. Também é sugerido que se oriente o doador a aumentar os cuidados nesse período.

As identidades do doador e do receptor estão sendo protegidas. Ambos são adultos e o doador é um homem, mas o sexo do receptor não foi divulgado.

*Informações de Reuters e EFE

 

Fonte: Globo.com