Notícias

Ministro da Saúde, fará teste rápido de HIV durante lançamento da campanha de prevenção ao HIV. - 28/02/2011

Ministro da Saúde, Alexandre Padilha, fará teste rápido de HIV durante lançamento da campanha de prevenção ao HIV no carnaval

Cantor pernambucano Reginho, autor da música "Minha mulher não deixa, não", abrirá campanha na quadra do Salgueiro no Rio de Janeiro.
Na próxima sexta-feira, o Ministério da Saúde vai lançar, no Rio de Janeiro, a campanha de prevenção ao HIV no Carnaval. Durante o evento, Padilha fará o teste rápido de detecção do vírus da AIDS, que leva em média 15 minutos entre coleta e resultado.
O governo federal pretende atingir com essa campanha principalmente as mulheres jovem, de 15 a 24 anos, que vivem em famílias de baixa renda.
"Ouvimos meninas, adolescentes, jovens, que expressaram para nós que não conhecem ninguém que teve AIDS, ou ninguém que convive com HIV, ou seja: não conviveram com todo o esforço de enfrentamento na luta contra a AIDS", justificou o ministro, em vídeo divulgado no site do DEPARTAMENTO DE DST, AIDS e Hepatites Virais.
Neste ano, a campanha de carnaval terá duas fases. Antes da folia, o foco vai ser na importância do uso da CAMISINHA e na ideia de que cada folião já chegue à festa com seu PRESERVATIVO no bolso.
Depois do período de folia, o objetivo será estimular as pessoas que tiveram relação desprotegida a fazer o teste HIV.
"Eu acredito que nós temos uma estabilidade da epidemia, mas ainda há um número importante de óbitos, de mortos, então o diagnóstico precoce do HIV e AIDS é fundamental no tratamento", explicou Padilha.
Segundo ele, "o diagnóstico precoce vai ser uma grande prioridade nossa ao longo desses quatro anos", afirmou.