Notícias

Carla Bruni pede atenção de jovens contra Aids - 04/12/2011

A primeira-dama da França, Carla Bruni, mandou uma mensagem aos jovens para que fiquem atentos ao risco de contágio da Aids e não baixem a guarda, porque, mesmo que exista tratamento contra a doença, a batalha para equilibrar a saúde não é nada fácil.

"A Aids não é um problema resolvido. Apesar de nos últimos anos terem registrado muito progressos, ainda resta muito por fazer", advertiu em entrevista à emissora de rádio Europe 1Bruni, que é embaixadora do Fundo Mundial de Luta contra a Aids.

Nesta entrevista realizada por causa do Dia Mundial da Luta contra a Aids, a mulher do presidente francês, Nicolas Sarkozy, se dirigiu em particular aos jovens, que "têm de estar atentos" e protegerem-se. Lembrou que na França "estima-se que existam 50 mil pessoas que não sabem serem portadores do vírus do HIV" e há 7 mil novos casos de contágio.

A cantora e ex-modelo, que deu à luz em outubro a uma menina, afirmou que sua ação como embaixadora está centrada na questão de evitar o contágio do vírus das mães para os filhos durante a gravidez e nos primeiros meses de vida.

A esse respeito, insistiu que há tratamentos que "dão resultados extremamente positivos" e por isso é preciso informar as mães, em particular na África que é o continente onde mais estendida está a doença.

 

Fonte: Virgula